Colecionando Momentos, Não Coisas

Tempo de leitura: 1 minuto

Antes de qualquer coisa, vamos ler a frase abaixo (que também está no título).

“Colecione Momentos, não coisas!”
(Autor Desconhecido)

Há atribuições de autoria para Paulo Coelho, mas a verdade é que o autor é, de fato, desconhecido.

A primeira vez que eu ouvi esta frase foi de uma amiga do trabalho. Eu tinha acabado de ser operado para a retirada de parte do intestino e ela havia acabado de vencer um câncer de mama e estava voltando ao trabalho depois de meses de licença médica.

Confesso que a frase me tocou e me fez pensar em tudo o que passei com a doença de Crohn e em tudo que a minha amiga do trabalho passou com o câncer.

A vida é efêmera. Um belo dia você pode não estar mais aqui.

É exatamente por isso que a frase, apesar de simples, é de uma verdade absurda. A partir daquele momento eu resolvi parar de colecionar coisas e começar a colecionar experiências.

COLECIONANDO MOMENTOS (OU EXPERIÊNCIAS)

Eu sempre amei viajar.

Então, nada mais justo que colecionar meus momentos em viagens exóticas (ou nem tanto).

“E nós colecionaremos os momentos um por um.
Eu acho que é assim que nosso futuro está feito.”
(Leslie Feist)

Eu montei uma lista de coisas para fazer antes de morrer e recomendo que você faça o mesmo.

Dê uma lida nela, clicando aqui e vamos colecionar momentos!